Os 12 Mais Bizarros Nomes de Séries

Você saberia dizer qual o nome original da série Um Maluco na TV? Ou ainda de Engane-me se puder? Não se assuste com esses títulos nacionais. Eles são apenas alguns exemplos de nomes pelos quais as nossas queridas séries costumam ser apresentadas ao público brasileiro. Algumas simplesmente são acompanhadas de frases desnecessárias, outras, contudo, recebem nomes completamente diferentes dos originais. Conheça abaixo uma lista curiosa de 12 séries que exemplificam bem essa situação:

Mike & Molly – Uma Casal de Peso

Primeiro de tudo: qualquer um que tenha assistido um episódio da série ou tenha visto um promo ou mesmo um pôster, ou ainda lido uma sinopse saberá que os atores principais são gordos. Aparentemente isso não foi o suficiente para a Warner, que tascou essa belíssima frase digna das melhores narrações do locutor da Sessão da Tarde.

Engane-me Se Puder

A série é focada em indivíduos que sabem identificar sinais claros (ou não) das mentiras que as pessoas costumam contar. Aliás, o nome original tem um ar de provocação mesmo (Lie to Me), mas “Engane-me Se Puder” abusou. E muito.

Nikita – O Perigo Nunca foi Tão Sedutor

WTF?!

O.C.: Um Estranho no Paraíso

Provavelmente a maioria dos série maníacos brasileiros conheceu a série pelo fantástico nome pelo qual o canal SBT a exibiu por aqui. Vou deixar que vocês comentem sobre essa frase. Divirtam-se.

Um Maluco no Pedaço

Um dos raros casos em que o nome brasileiro foi bem recepcionado pela grande maioria do público. Afinal, o nome original da série (The Fresh Prince of Bel-air) teria por tradução mais próxima justamente o título que recebeu em Portugal, “O Príncipe de Bel-Air”. Definitivamente um bom exemplo a ser seguido no quesito adaptação de títulos.

Fronteiras

Só preciso dizer uma coisa: sim, esse é nome de Fringe no Brasil. Pode surtar agora.

Justiça Sem Limites

Os advogados da série Boston Legal eram bem peculiares realmente, mas daí a chamar a série de “Justiça Sem Limites” foi para lá de um exagero.

Clube do Terror

Eu tenho que aprender inglês rapidamente. Se não fosse pelos tradutores brasileiros, iria traduzir o nome da série “Are You Afraid of the Dark?” para “Você Tem Medo do Escuro?” Thank you!

Lances da Vida

Sinceramente acho que One Tree Hill não merecia isso. Sério.

Um Maluco na TV

Essa aqui é dedicada especialmente a minha colega Aline Diniz. Afinal, estamos falando de ninguém menos do que 30 Rock, a série que ela comenta aqui no blog. Agradeçam a Record por essa.

Crimes do Colarinho Branco

Sabe quando um nome simplesmente não precisava de tradução ou simplesmente não traduzir ao pé da letra? Esse é o caso de White Collar. Entendeu Globo?

The Good Wife – Pelo Direito de Recomeçar

Nem a boa esposa do título concordaria com um nome desses.

Menções Honrosas (?): Diários do Vampiro – Amor Se Escreve com Sangue; Cidade do Crime (Southland); O Desafio (The Practice); Mad Men – Inventando Verdades; Chase – Escapar Será Impossível; Estragos (Damages).

Lembra de mais algum nome estranho de séries no Brasil? Comente.

  • Hugo Luz

    Não vejo problema algum. O.C.: Um Estranho no Paraíso; Verônica Mars: A jovem espiã. Vocês também reclamam de tudo mesmo hein? Saudades dos tempos de infância, em que a única coisa que importava era se o programa era bom ou não. Agora reclamam de tudo, da dublagem, do horário, de simples subtítulos… Daqui uns dias vão estar todos revoltados com a maquiagem ou com o cabelo das personagens e por isso vão abandonar a série. Quando não se tem nada pra fazer, se acha de tudo pra criticar né?

  • http://twitter.com/daiana_cr Daiana

    Fronteiras???
    Quando vi esse não consegui terminar de ler o resto!! Fronteiras??? WTF…
    Putz, tenso esse Post!!’kkkkkk

  • Felipe Vansan

    Em resposta a quem discorda de quem existem coisas que não se deve traduzir ou o velho “só porque está em inglês é mais bonitinho”; vocês acham que Carandirú seria traduzido lá? Nem as cidades brasileiras eles traduzem para o inglês, ou você já ouviu January River? Saint Paulo? .. EXISTEM COISAS QUE NÃO SE TEM QUE TRADUZIR….. Já aqui, Nova Iorque e por aí vai..

  • Luzo

    mudando de assunto, até hj eu não tenho a mínima idéia de onde os tradutores brasileiros tiraram a palavra “tira” para traduzir “cop” ou usar como sinônimo informal de policial, sério mesmo, algum doutor em linguistica pra decifrar esse mistério, ou vou ter que perguntar a um Tira da pesada ou ao tira no jardim de infância?

  • Eder

    Smallvile parei de ver assim que ouvi 0 nome Pequenópolis.

  • Rodrigo Otávio

    Monk: um detetive diferente

  • Jay

    Se as séries fossem chinesas, duvido que alguém reclamaria de tradução rs…
    Mas tem algumas horríveis mesmo, já outras são boas, e outras até melhores que os títulos originais… alias, de alguns títulos originais horríveis, ninguém também fala nada, o problema são sempre as traduções rs…

  • Hugo Luz

    Pois como eu já disse não vejo problema algum; até gosto pra falar a verdade. Pequenópolis, Um Estranho no Paraíso, A jovem espiã, Lances da Vida, Tal Mãe, Tal Filha. .. E ‘ Um Toque de Vida’ então??? Perfeito, mil vezes melhor do que ‘puxando margaridas’ E concordo plenamente com quem disse que ‘Um Maluco no Pedaço’só é bem visto porque é uma série mais antiga e desde sempre todos a conhecem assim. Caso contrário estaria no topo desse ranking bobinho. Gosto muito dos posts, mas esse aqui mais um vez se mostrou bem preconceituoso, e até me lembrou os posts criticando as dublagens com ênfase em ”Dexter”. Fiquei até com receio de assistir dublado, mas quando vi a coisa era bem diferente. Achei a dublagem fantástica.

  • Emanuelle Cristina

    O pior de todos p/mim foi FRINGE – FRONTEIRAS qndo conheci a série foi pelo SBT e até então acreditava que essa era a tradução literal de palavra,mas depois descobri q não era bem assim, é franja então passei a prestar mais atenção e entendi melhor o sentido,mesmo achando q não era necessário,pq eles não traduziram o nome da divisão p/ “Divisão Fronteiras”[ não q me lembre]….
    30 Rock não sabia q tinha sido traduzido p/ um maluco na TV….
    Mas tem alguns casos q é melhor ter uma tradução,q se fossem mais adequadas não fariam mal a ninguém. Grey´s Anatomy não precisa ser traduzida como Anatomia de Grey, pq assistindo a série dá p/ entender o sentido do título[ ainda bem q não SBT não fez essa loucura.
    No geral se não fossem pelas traduções não teria visto várias séries pq comecei e acompanhar a maioria em TV aberta qndo ainda era criança…

  • Diego Arnone

    Não vejo problema algum. O.C.: Um Estranho no Paraíso; Verônica Mars: A jovem espiã. Vocês também reclamam de tudo mesmo hein? Saudades dos tempos de infância, em que a única coisa que importava era se o programa era bom ou não. Agora reclamam de tudo, da dublagem, do horário, de simples subtítulos… Daqui uns dias vão estar todos revoltados com a maquiagem ou com o cabelo das personagens e por isso vão abandonar a série. Quando não se tem nada pra fazer, se acha de tudo pra criticar né? [2]

    Um Toque de Vida não ér uim como pintam

  • Rafael Miranda

    Muitos titulo ai são sofríveis mesmo, mas a culpa não é do canal aberto que exibe. Existe sim uma lei que se deve traduzir (quando é possível) os títulos para o português, e as PRODUTORAS que trazem a série para o país são encarregadas de Traduzir titulo/mandar dublar etc …

    PS: Muitas séries o título não teriam sentido algum para o ”povão” que assiste na TV Aberta, por isso é necessário a adaptação do título. ( O que não tira a culpa das produtoras escolherem títulos ridículos para a versão BR)

  • Patricia

    Apesar de muitos acharem ridículo a tradução de Smallville pra Pequenópolis, nos quadrinhos, antes, eles usavam esse nome…

    E acho ideal a tradução de Two and a Half Man pra Dois Homens e Meio… nada mais apropriado…

  • Bia

    Menção honrosa para 500 days of Summer, que foi traduzido para 500 dias com ela e perdeu completamente a ambiguidade (a menina se chama Summer) e Knight and Day, traduzido para Encontro Explosivo.
    E eu também acho que tem que traduzir sim, mas os tradutores poderiam ser mais criativos e ter um pouco de bom-senso (ou é pedir muito??)

    bjs Adriel, adoro seus posts!!

  • Tehh.

    e Drop Dead Diva qe ficou Sob Medida…

  • Michael Corleone

    Assisti Lie To Me essa semana e eles não traduziram. Será que viram post?

    Vanessa, a série se chama Human Target que traduziram como Alvo Humano.

  • Malu

    Concordo que dependendo da series os tradutores NAO deveriam traduzir, tipo Engana-me se puder ficou tosco, mas tem algumas series que é bom que eles traduzam sim, por exemplo the O.C eu nunca ia adivinhar o q signifacava isso já que nao assisto a serie, um estranho no paraiso da uma dica.
    Pra falar de outras traduçoes:
    Cold Case- Arquivo Morto
    The X-files- Arquivo X ( essa ficou boa, nao vi ninguem reclamando disso aqui)
    Annie Hall- Noivo neurotico, Noiva Nervosa
    Concordo que ja cansei de ouvir todos os subtitulos: da pesada, do barulho, bem trapalhao,

  • Eduardo

    GOSSIP GIRL – A GAROTA DO BLOG e BEVERLY HILLS 90210 – BARRADOS NO BAILE kkkkkkkk

  • daniel

    Tem uma q foi mto ruim mesmo. o SBT exibiu a série Birds of Prey (ou aves de rapina em bom portugues)como Mulher-Gato…. a série não tinha nada a ver com a Mulher gato (tanto q na série a mesma já até tinha morrido),e sim com a filha dela com o Batman(a caçadora- Huntress, q é uma heroína da DC Comics). Só sei q eu vi até o ultimo episódio da série achando q a personagem principal iria virar a mulher gato…o q nunca aconteceria, é lógico..kkkkkk, faltou quem deu o nome para a série assistir pelo menos 1 episódio, mas acho q nem eles quiseram se dar ao trabalho

  • Bruna

    Concordo que algumas traduções são ruins, não passam nem metade do sentido original, mas também não é motivo pra rechaçar quem faz as adaptações. Agora, tem coisas que não dá pra deixar passar como “Barrados no Baile”. O problema de “Crimes do Colarinho Branco” é que quando se fala em “colarinho branco” aqui no Brasil a associação que nos vem à memória é justamente com política, independente de toda a abrangência que essa modalidade criminosa possa ter.
    Outra coisa que me incomoda é “Veronica Mars – A Jovem Espiã”, afinal, desde quando a Veronica é uma espiã? Sério, espiã e detetive não são a mesma coisa, em universo algum. Se colocassem algo do tipo “Veronica Mars – Uma Jovem Detetive” (ainda que bizarro) seria bem mais coeso. Quem nunca ouviu falar pode até pensar que a garota é contratada pela CIA ou algo mirabolante assim. Francamente, um pouquinho de bom senso na hora de adaptar (que é um ato sempre bem-vindo) não faz mal.

  • Thais Cascaes

    Até hoje a única tradução sensata foi a de Mad About You – Louco por você.
    Graças a Deus House é o nome do personagem, então traduzir seria suicídio porque ninguém ia assistir… Huahuahuahuahua (isso também vale pra Felicity)
    Dá vontade de chorar só de ler esses títulos em português, mas sem dúvida o pior de todos é o tal do “pelo direito de recomeçar”!!!!! OMG!!!
    Ainda bem que a Play tv, na época, não traduzia os títulos das séries e eu tive a felicidade de conhecer Seinfeld, Sex And The City e Will And Grace pelos títulos originais… =P

  • http://twitter.com/antenoraguiar Antenor Aguiar

    VocÊs são foda.

    só gostam de “Um Maluco no Pedaço”, “Eu, A Patroa e as Crianças” e “Todo Mundo Odeia o Chris” por que conheceram as séries com esses nomes. Até onde eu sei, as expessões “Patroa” e “Maluco” são 100% sessão da tarde.

    “‘Um Maluco no Pedaço’ capturou o espírito da série… “. Clube do Terror também. Ficou melhor que o título original, inclusive.

    aposto q se não fosse por “Todo Mundo Odeia o Chris”, todo mundo odiaria “Todo Mundo Ama o Raymond”

    “Fronteiras” ficou um nome rasoavelmente legal. Afinal, a série trata de Ciência de Fronteira (sim, esse termo existe). Tudo bem que “Divisão de Fronteira” tem um sentido completamente diferente, mas os tradutores recebem pra solucionar isso.

    White Collar podia ser só Colarinho Branco.

    nomes, ZIP Codes, expressões linguisticas e culturais simplesmente nao tem tradução.

    Querer que o nome se mantenha simplesmente por sua facilidade de pronuncia é querer ceifar o direito dos telespectadores de entederem ou realizarem pre-juizos sobre o título (coisa que os americanos têm, já que os nomes são em ingles), ou dos Marketeiros de divulgarem uma série com eficiencia.

  • mateus

    alguns nao sao os nomes, como ja falaram, sao so slogans; mas algumas series voces tem que concorda cmg que fico bom, one tree hill – lances da vida [combina com o conteudo] O.C. Um Estranho no Paraíso [combina com o conteudo], clube do terror, um maluco no pedaço, enfim, ficaram melhor que uma traduçao literal, a exemplo tbm do jogos mortais, em portugues fica muito melhor do que saw.

  • nikita

    o mais novo: Glee – A hora do coral!

    e não esqueçam da garota do blog,
    voces sabem que me adoram.

  • Rachel

    Você esqueceu a pior de todas, pushing daisies que graças ao senhor Abravanel ficou como: Um toque de vida. *-*
    É muita emoção para uma só pessoa. rsrs

  • Tattinha

    Só pra constar, alguns falaram de Verônica.
    Sério gente, qual era o problema de deixar o título original “Verônica Mars”?
    Afinal de contas é o nome da protagonista, nada mais natural.
    Nem precisava traduzir, mas aí me vem esses tradutores e acrescentam um – a jovem espiã – no final.
    Em que universo alternativo espiã é igual a detetive?
    Muito nada a ver!

  • André Yorn

    Só preciso dizer uma coisa: sim, esse é nome de Fringe no Brasil. Pode surtar agora.
    é melhor que franja sabe

  • LUISA

    meu, você só esqueceu de Gilmore Girls, eu fico indignada com o fato de traduzirem ela para “Tal Mãe, tal Filha” ta que tem a ver assim, mas se tem algo que me irrita mais que tudo é gente que traduz nome de séries, pra mim isso é um crime.
    chamar Two and a half man de dois homens e meio, é ridículo.

  • renata

    Com certeza existem nomes qe são sofriveis !
    imaginem se fossem traduzir Friends?
    Ta, só que não é tão ruim assim, uma pessoa qe sabe inglês vai saber o significado do nome, e só pq ta em inglês é lindo então?
    Por favor né se for ver pelo significado as traduções não são tãão ruins assim, são ruins pq estão em português e os brasileiros adoram assistir séries em inglês pensando que são americanos MAS NÃO SÃO!
    Eu não ligo de assistir séries com nomes traduzidos e que geralmente traduzem o que a série realmente quer dizem, beem diferente dos nomes originais.

  • Alex Tavares

    Meu caso dos nomes brasileiros é bem meio-a-meio. Dependendo da situação, o nome original é ótimo, como 30 Rock, pois “Um Maluco na TV” foi extremamente brega e sem sentido com a série. Mas em outros casos, o nome brasileiro faz mais sentido ou é até melhor que o original.

    Exemplos:
    - Pushing Daises – Teve aqui o subtítulo “Um Toque de Vida”, que é mais coerente que “Empurrando Margaridas”.
    - Cold Case – Arquivo Morto. Se traduzisse como “Caso Congelado”, fica muito feio.
    - The Fresh Prince of Bel-Air – Um Maluco no Pedaço
    - My Wife and Kids – Eu, a Patroa e as Crianças
    - El Chavo del Ocho – Chaves (uma mudança drástica do título original que é “O Garoto do Oito”)

    E de filmes, resalto dois: o citado “The Sound of Music” que é bem melhor o nome “A Noviça Rebelde” (título que tem mais sentido) e “The Godfather” que virou “O Poderoso Chefão”, pois convenhamos, o título americano eu acho extremamente brega. (O Padrinho)

  • Lucas Lopes Santos

    Acho que tudo depende…
    O que falar de “Penetras Bons de Bicos”(Wedding Crashers)… hahaaa
    E “Eu a patroa e as crianças”, por que não “Minha esposa e as crianças”???
    Crimes do Colarinho Branco eu gostei…

    Tem coisa que dá pra traduzir ao pé da letra… Tipo:
    The Good Wife – A Boa Esposa
    Fringe – Fronteira (acho que esse caso, o original já não tem nada a ver…)
    Doctor House (Doutor House)
    The Big Bang Thory (A teoria do Big Bang)
    How I Met Your Mother (Como eu conheci a mãe de vocês)

    Cara… faz sentido… pode ficar feio… mas é assim que soa por lá

    E tem aquelas que é o nome de um personagem…
    Chuck
    Dexter
    Seinfeld
    Joey
    Castle

    Agora tem uns que não vai fazer sentido traduzir aqui… aí sim muda… ou deixa o original

  • “Mad Men – Inventando Verdades” ñ sabia que adaptaram assim, ficou péssimo.
    Acho que de todas 30 Rock foi a que mais sofreu sem duvida nenhuma, Record se inspirou no Fresh Prince com certeza!
    O problema é que as dubladoras adoram “tentar” explicar a série já pelo titulo e de forma que as pessoas decorem fácil o nome.
    …posso prever o nome de futuras séries adaptadas:
    Modern Family: uma familia muito louca
    Breaking Bad: quebrando a banca!
    Man Up: 3 caras do barulho.
    How to Make it in America: Vida dura – um sonho nos EUA

    Fika a dika para os tradutores!!

  • Edimar Detisa

    Antes de mais nada…
    Concordo plenamente com a CAMILA VIEIRA.

    E digo mais.
    Achei um absurdo não traduzirem o nome da série LOST.
    Se Lost significa Perdidos e Perdidos representa exatamente os acontecimentos da série, por que não traduzir? Já que Lost não tem significado nenhum em português.
    Se a série não fosse traduzida, não fosse dublada, aí sim se justificaria permanecer o nome Lost. Mas é dublada em português, por que então deixar só o nome em inglês, o qual pra quem não sabe inglês não significa nada, ou melhor significa sim: Uma palavra estranha e sem sentido.

    E essa lógica vale para justificar a tradução de todos os nomes.

    O problema aqui nos comentários dos que são contra as traduções é que simplesmente não gostam da sonoridade da língua portuguesa, então preferem um nome os quais as pessoas não sabem o que significa apenas porque acham a sonoridade mais bonita, mais chik.
    Eu ainda prefiro uma série com um nome que represente em português o seu tema do que um nome cheio de frescura, em inglês, que eu não faço a mínima o que significa.

    Claro que tem traduções nada haver, mas ainda sim, melhor um nada haver em português do em nada haver em inglês.

  • jp

    Galera faltou uma serie ai que não precisava ter mais nada que é SKINS no brasil juventude a flor da pele pela VH1.

  • Tomy Rock019

    Galera muitos nome Não fica estranho como Fringe que a tradução é fronteiras ou algum semelhante mas Lances da Vida , Um Maluco na TV , Crimes do Colarinho Branco, são uma porcaria.

  • http://www.loderpencio.blogspot.com alex

    Lances da vida foi pra acabar viu kkkkkkkkkkkkkk e Fronteiras? vish!

  • Camila

    Brincadeira, hein! Alguns são slogans da Warner…
    Não tá sabendo nem o que tá escrevendo!

  • B

    Fiquei boquiaberta HNAUIDHAUIHDIUAHUI

  • Michel Xavier

    Sinceramente, não sabia que a ”tradução” de 30Rock era Um Maluco Na Tv. Sempre vi como 30Rock mesmo. Gostei mesmo foi da versão de Six Feet Under, que é A Sete Palmos….ficou simplesmente perfeita (Como a série já é [era], por sinal).

  • Michel Xavier

    Agora, gente…PQP! Fringe, Fronteiras? WTF?
    Traduzindo a palavra Fringe ao pé da letra fica ”Franja” (de cabelo mesmo!)

  • Nathalia

    “Beverly Hills, 90210″ aqui foi exibida como “Barrados no Baile”.

  • Welson Oliveira

    TGW foi sofrível, parece título de novela das oito…

  • Dianac 3710

    é uma das poucas coisas que em Portugal é bom a maioria dos nomes de séries ficam originais fringe é fringe mas se olharmos para alguns filmes é de cortar o coração.

  • http://twitter.com/eevy_ Medeirinhos ★

    Geralmente eles entregam o final do filme com os títulos. IOUASDQUOAD

  • http://twitter.com/eevy_ Medeirinhos ★

    Minha Vida de Cão
    A Anatomia de Grey
    E é claro que nunca vou aceitar: Smallville – As Aventuras do Superboy

  • Jéssica de Souza

    Brasil e sua infinita habilidade de acabar com o prazer de assistir uma série, seja pela dublagem, seja pelo nome que colocam. –’

  • Heitor

    ALF, o E.T.eimoso

  • Leila

    OTH tem uma explicação linda: Lances lembra o basquete apresentado na série e Vida simboliza que é uma série de drama. Genial, parabéns SBT! só que não JSIAIJISAOJ

  • Fred

    No Brasil, a série Chase recebeu o título de “Chase-A Perseguição”. Não o que escreveram ali em cima!!