Game of Thrones – 2×04: Garden of Bones

A empatia pelos fragilizados.

Spoilers Abaixo:

É comum, pelo menos para a maioria do público, se envolver com aqueles personagens que passam pelas maiores dificuldades. Surge um tipo de empatia, uma compaixão que se converte em uma torcida para que todos os obstáculos sejam superados e haja então a famosa volta por cima. Está aí descrito um dos enredos mais seguidos pela cartilha do entretenimento, o bom e velho clichê. Todos já têm a certeza de que o frágil vai dar a volta por cima. E é tão bom não ter essa certeza aqui, já que temos vários de nossos protagonistas em situações delicadas e nem todos devem dar a volta por cima.

Pode-se dizer que a personagem mais frágil na guerra pela coroa dos Sete Reinos é Danaerys Targaryen. Ela perdeu seu poderoso marido/guerreiro, além de ser abandonada por boa parte do seu grupo e, apesar do nascimento de seus dragões, se encontra fragilizada numa caminhada por uma terra árida e cruel. Jornada que teve seu fim agora, com a chegada do seu grupo à cidade de Qarth. Lá, apesar de uma relutância inicial, a cidade abriu seus portões para a Mãe dos Dragões, graças ao interesse despertado em um dos governantes do lugar. Parece que Dany vai começar sua volta por cima. Bem, pelo menos um banho ela deve tomar.

Outro fragilizado é Stannis Baratheon. O auto-proclamado rei não tem carisma, tem poucos seguidores e não tem o apoio de nenhuma das grandes casas dos Sete Reinos. Isolado em Dragonstone, Stannis sequer parecia ser uma ameaça a qualquer um dos outros reis. Mas eis que Melissandre acaba se tornando sua grande cartada. A cena final do episódio confirma que a sacerdotisa possui sim algo de sobrenatural, algo que anteriormente era apenas insinuado. Ao dar a luz a um ser de sombras, a mulher de vermelho pode ter dado uma dianteira a Stannis nesta corrida ao trono de ferro. E quem deve sofrer com esse novo elemento sobrenatural é o carismático Renly. O jovem Baratheon, que é o que possui a vantagem nesta disputa, deve levar um golpe certeiro do irmão e seu deus da luz.

Mas nem só os frágeis passaram pela tela, o poder de alguns foi bem definido. Primeiro tivemos a sessão de sadomasoquismo hardcore que o filho do incesto Joffrey fez com as duas pobres prostitutas que seu tio mandou para “acalmá-lo”. Junto com a tortura a Sansa, o jovem rei aumenta a lista de motivos para que ele seja odiado por todos. Inclusive por nós, claro! Já Tyrion mostra seu poder de outra forma. O jogo que fez com seu primo para tê-lo como informante dos afazeres da rainha foi sensacional. E a Cersei não deixa escapar ninguém da família, hein? Cuidado Tyrion, pode sobrar pra você.

Já Arya chega cada vez mais perto de ter sua identidade descoberta. Tywin Lannister fez sua entrada na segunda temporada e vai ser um belo antagonista para a lobinha. Fora que a cidade de Harrenhal foi mais um belo cenário ao qual fomos apresentados. O aspecto sombrio e o fato de ter sido atacada por dragões só aumentam seu misticismo. Com certeza, a ruína de algo que foi grande no passado e uma história que deve se repetir no futuro.

E esta balança de fragilizados e poderosos é extremamente volátil. As posições podem mudar ao menor estímulo e tenho certeza que os acontecimentos deste quarto episódio, assim como os que seguirão no próximo, serão o estopim de várias mudanças. A situação em Westeros cresce em tensão e essa bolha vai estourar em grande estilo.

Em Tempo de Matilha: Adorei a sequencia inicial do episódio onde Robb Stark manda seu lobo e seus homens derrubarem mais um acampamento Lannister. Entretanto, aquele flerte com a “enfermeira” foi um tanto caricato e dispensável.

Em Tempo de Tortura: E o rato comendo o estômago do pessoal de Harrenhal? Agonia mil. E vocês sabiam que essa técnica era usada no Brasil durante a ditadura? Mas só que o balde com o rato era colocado num lugar onde o sol não bate, se é que me captaram…

Em Tempo de Muralha: Alguém sentiu falta de Jon Snow?

  • Adriana

    Spoiler, na verdade não, mas quero evitar mimimi

    Aquela personagem deve ter a mesma função da Jeyne, devem ter mudado pra deixar um pouco mais interessante, por que nos livros…

  • @edujakel

    Legal o espisódio mas nada de tao espetacular.
    Essa tortura com o rato na barriga já foi usada num filme, q eu nao consigo lembrar qual. Era um balde de metal e o cara fala q esses ratos costumam comer até fios de cobre nos navios, etc. Se alguem lembrar o nome do filme, plse.

    Satanás é vc?? by Bruxa do 71

  • @edujakel

     ficou estranho, mas acho q dá pra acostumar com a nova sessao de comentários. E creio q nao foi possível manter os outros comentários. Nao dá pra se ter tudo…rs

  • Renato

    Episódio fantástico!
    Medo da cena final… e eu até que senti falta do Jon Snow.
    Anão = Gênio

    Arya incluindo o nome do Montanha na sua “lista” antes de dormir foi sensacional.. haha

  • Renato

    O Filme foi Velozes e Furiosos 2!

  • http://www.facebook.com/rrizette Rogéria Rizette Linares

    Putz, essa mudança no layout esfriou bastante os comentários da turma de GoT, né?

  • http://www.facebook.com/rrizette Rogéria Rizette Linares

    Eu lembro dessa cena dos ratos em Nikita, com a Peta Wilson.

    O episódio foi muito bom, só não foi melhor que o anterior. Agora o próximo promete demais!

  • http://www.facebook.com/rrizette Rogéria Rizette Linares

    Acho que todos nós estávamos torcendo para a Dany tomar banho logo. Que aflição! Pensa no trabalho que vai dar desembaraçar aqueles cabelos dela? rsrsrsrsrs

    O parto da Mel foi até melhor que o retratado no livro, e isso já é um grande elogio à série, pois a cena no livro é bem tensa!

  • http://www.facebook.com/rrizette Rogéria Rizette Linares

    Pois é, eu tb queria ver. Teve um monte que eu não li, deixei para o dia seguinte e foi-se… :(

  • http://www.facebook.com/rrizette Rogéria Rizette Linares

    Pois é. Não dá para se ter tudo. 
    Mas no próximo episódio já volta tudo ao normal!

  • http://www.facebook.com/rrizette Rogéria Rizette Linares

    Hehehehe
    Pois não, é tudo MUITO real com a Melisandre.
    A minha grande curiosidade é saber quem afinal é o Deus da Luz, e de que lado ele está.

  • http://www.facebook.com/rrizette Rogéria Rizette Linares

    “porque nos livros”… ela é muito sem sal! rs

  • LuizBraz

    Lamentável, esta mudança perdeu toda a dinâmica dos comentários e o pior não mostra todos e nem dá opção para vê-los. Vcs fizeram a coisa ficar bonitinha mas ordinária

  • GustavoB Guerra

    Ep Muito bom, aquela cena final foi muito f…
    Game Of Thrones ta ficando cada vez melhor, mostrei para o meu pai e agora o velho ta viciado =D 

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002989755594 Debora Quedas Gadelho

    Concordo plenamente!

  • rmts17

    Concordo plenamente! +1 

    Pensei ser o único que estava vendo as coisas assim. Não é por não gostar de facebook, é por ter ficado frio mesmo. Jogou um balde de água fria na cabeça do povo que sempre comenta.

  • priss

    Adorei esse ep., na verdade todos, com uma cena final como aquela como esperar até o próximo ep??? 
     

  • FM

    concordo

  • Luke R

    Pô o que foi aquele cena do super sem noção Joffrey, quando achei que ele ia tirar a cinta para cair na gandaia, o veado pede para bater na outra. Que carinha que merece apanhar, hehe. E a melisandre naquele parto sinistro, show de bola, hahaha!

  • Danilo Perez

    Nâo senti falta nenhuma de Jon Snow, aliás, podiam esquecer dele nessa temporada, a história dele, até agora, nessa temporada, não tem me agradado, precisa de um plus urgente

  • DEBORAH

    Verdade! Maior patricinha!

  • @edujakel

     Caramba, eu achava q tinha sido num puta filmaço essa cena…rs…rs

  • LqRner

    Que série!!!! GOT é impressionante a cada momento. Quando vc acha que já viu de tudo ela dá uma volta de 180 graus e muda tudo.

  • Joao Lukas1997

    eu amo a Cersei,minha vadia,eu gosto daquela cara de desgraçada  q ela tem….aquela cara de devassa….Ui eu piro kkkkkkkkkkkkkk