Covert Affairs 4×11: Dead

Jessica Mathews deveria ter aparecido muito antes em nossas vidas…

Covert Affairs retornou de seu curto hiato em um ritmo frenético e nos dando as tintas do nascimento de uma nova Annie Walker. Aliás, Piper Perabo está arrasando com sua “morenice” e ótima interpretação. Jéssica Mathews é a versão sombria de Walker, muito mais determinada e objetiva – parece que também relembrou como se ganha uma boa briga. “Dead” foi um ótimo episódio de continuidade da trama que segue coesa e bem escrita.

Tudo se inicia com a passagem de Annie se transformando oficialmente em Jéssica Mathews e botando para quebrar com sua moto nas estradas de Genebra. O objetivo é encontrar Sana e tentar descobrir o que ela sabe. Neste episódio nos deparamos com a grande evolução de Annie como espiã, pois finalmente – depois de morta – suas atitudes ousadas foram no geral bastante coerentes – será que o roteiro abandonou as “cretinices de Annie”?

Se infiltrar no grupo de autoajuda de Sana foi uma jogada muito inteligente, pois desde o início Annie queria despertar sua curiosidade a fazendo entender que não estava ali por acaso – e funcionou muito bem. Pena que Sana não tinha nada de real importância para revelar, a não ser nos dar a certeza que Henri também pode falar a verdade, pois certamente David não é flor que se cheire.

E como ficaram as coisas em Langley? Pois é, Calder é o nosso mais novo herói – mas será que mesmo formando uma “duplinha do barulho” com Auggie, ele é capaz de enganar Henri? Fico muito com o pé atrás, pois Wilcox é o diabo em pessoa – esperto demais para ser enganado assim tão facilmente. Tudo bem, sabemos que Auggie é muito influente e cheio das artimanhas, mas será mesmo que este plano tão simples vai funcionar? É esperar as cenas dos próximos capítulos.

E Arthur e Joan? Será que eles não mereciam saber que Annie está viva? Achei este segredo um pouco estranho e não conivente com o resto da trama – mesmo sabendo que será inevitável que ele seja revelado em breve. Tudo bem, quanto mais pessoas souberem que Jessica existe, mas perigoso se torna a sua jornada. Ainda assim, o sofrimento de Joan e Arthur por causa da vingança de Henri foi terrível e ainda está sendo, portando nada mais justo que saibam de toda a verdade.

Voltando para Genebra, temos Jessica colocando seu plano em prática. Pois é, tudo estava indo muito bem, já que ela conseguiu dar uma surra no canalha que teoricamente assassinou Teo – usando surpreendentes requintes de crueldade na tentativa de arrancar a verdade sobre Henri. Mas tudo poderia ter tido um melhor resultado se não fosse “Sana, a insana” que se meteu e colocou a vida de Jessica em perigo – já que Annie está morta, né? Impossível não odiar a atitude da mulher – por mais que saibamos seus motivos. E com o homem morto se foi uma das esperanças de desvendar alguns mistérios sobre Wilcox e suas maquiavélicas intenções.

Enfim, também sabemos que o roteiro precisa colocar o pé no freio para não entregar o final da trama toda de uma vez só – perderia a graça, né? Covert Affairs retornou reforçando a evolução e amadurecimento da série nesta quarta temporada. Ainda temos mais quatro episódios para chegar a season finale e da forma que a história está sendo apresentada temos a tendência a acreditar que teremos um final de temporada bombástico! E ainda seguimos esperando pela renovação série!

PS. Coitadinha de Joan, jogada no porão da Agência…

PS. Jaqueta de couro para Annie Walker… hahaha… O figurino de Covert Affairs segue fazendo a diferença!

PS. Auggie ligou para Danielle – lembrei que sinto muita a falta dela na série, era bom ver que Annie tinha uma família…

PS. Eyal poderia retornar neste final de temporada, né?

PS. Braithwaite continua sendo um idiota…

PS. Jessica “completamente do mal” torturando aquele ordinário…

  • Camila C.S. Oliveira

    A série já foi renovada no começo desse mês. O USA encomendou 16 episódios para a quinta temporada.

  • Fe Pinheiro

    Eu não tinha visto a notícia, peço desculpas então! Mas de qualquer forma é uma ótima notícia! Muito obrigada!