Chuck – 5×12/13: Chuck vs. Sarah/Chuck vs. The Goodbye [Series Finale]

Finito.

Spoilers Abaixo:

Importante: Embora estes episódios sejam em teoria dois episódios distintos, neste texto serão tratados como um só, pelo fato de terem sido concebidos para serem vistos em sequência. Portanto, se você não assistiu a algum deles, e não goste de spoilers, recomendo que não leia a review.

Acabou. Após cinco anos lutando incessantemente contra o fantasma do cancelamento, Chuck finalmente encerra sua passagem pela televisão, de maneira muito mais tranquila que o esperado, principalmente levando-se em conta a sempre fraca audiência da série. Não é errado dizer que ela cumpriu seu ciclo de maneira correta por conta da fiel base de fãs, uma das maiores da internet. São poucas as séries que ganham de suas emissoras a oportunidade de cumprir seu objetivo sem que o espectador precise se revoltar com o excesso de pontas soltas e com a falta do chamado final digno. Nesse ponto, o fã de Chuck não tem nada com o que se preocupar. Pôde se deleitar com um series finale que, embora exagere em alguns aspectos, encerra de maneira inteligente uma deliciosa série.

A principal crítica feita a esta quinta temporada se deve à perceptível falta de homogeneidade entre os episódios, que alternaram entre uma infinidade de tramas, parecendo muitas vezes indecisa sobre qual caminho seguir. No entanto, é inegável que, nos últimos episódios, a série tenha se concentrado em criar, ainda que rapidamente, uma história que convença o espectador que essa história precisa de fato acabar, procurando evitar deixar qualquer possibilidade de outra temporada. Em outras palavras, é como se Josh Schwartz e Chris Fedak colocassem Chuck em uma caixa lacrada, onde não há espaço para mais nada.

Nesse aspecto, é indiscutível que o series finale da série tenha sido bem executado. Procurando fechar todas as lacunas possíveis, o episódio encaminha as tramas de todos os seus personagens, algumas delas iniciadas dentro dele próprio, como a mudança de Ellie e Devon para Chicago. Assim, seria impossível que certas situações fossem evitadas, como as cenas de despedida, que ocupam considerável parte do episódio. Até mesmo Jeff e Lester recebem um imenso carinho da dupla de roteiristas, ganhando imenso destaque na segunda metade da história, criando um momento típico da série, como parte da atmosfera nostálgica criada pelo episódio.

Aliás, é justamente esse elemento que prejudica o finale, embora seja perfeitamente justificável. Muitas vezes a história prefere evocar um sentimento nostálgico no espectador de forma muito direta, forçando-o a emocionar-se com o final da série. Esse tipo de recurso poderia ser substituído por situações mais sutis, igualmente eficientes ao trazer lágrimas no rosto do público. Dessa forma, o desenvolvimento e desfecho da história acabam prejudicados pela necessidade de uma enorme quantidade de cenas em flashbacks, como se a série tentasse explicar para seus fãs o momento correto de chorar, o que, após inúmeras vezes, acaba tendo o efeito oposto.

Embora pretensiosa, a auto-homenagem proposta por Schwartz e Fedak consegue em alguns momentos amarrar todos os acontecimentos da série, principalmente pela maneira como o episódio se encerra (falarei disso mais abaixo). Assim, é interessante revisitar a sala branca onde Bryce Larkin (citado mais de uma vez aqui) roubara o Intersect pela primeira vez, e onde Chuck baixara a versão 2.0 deste, proferindo a linha de diálogo mais famosa da série. Aliás, não é por acaso que os flashbacks mais antigos sejam os que funcionem de maneira mais eficiente, simplesmente pelo fato de não soarem repetitivos na cabeça do espectador, ao contrário do pedido de casamento de Chuck, repetido mais de uma vez ao longo do episódio.

De qualquer forma, é indiscutível que as tramas iniciadas ao longo da temporada tenham se encerrado de maneira coerente ao longo do series finale. A caracterização do Intersect como o verdadeiro vilão de toda a série, por exemplo, é logo evidenciada por Chuck, que parece finalmente ciente dos grandes males que essa tecnologia pode trazer, propostos por seu pai Orion ainda na segunda temporada. Além disso, era evidente que a série jamais abandonaria o supercomputador justamente em seu final, já que ele é basicamente o princípio de tudo, além de acompanhar seus personagens ao longo de toda a jornada.

Mas o principal de todo o final da série é o inesperado confronto entre Chuck e Sarah, que se dá durante a primeira metade. A forma como o roteiro constrói a lavagem cerebral sofrida pela espiã por Quinn surpreende o espectador pela crueldade, além de revelar uma grande coerência com o passado da série, uma vez que vários aspectos abordados na primeira temporada são respeitados aqui. Mas o grande acerto nessa investida é o fato de Schwartz e Fedak jamais se permitirem grandes devaneios, mantendo-se racionais durante os 80 minutos de exibição. Repare, por exemplo, como a todo tempo o roteiro foge de clichês, como na cena em que Chuck conta para Sarah que ela se apaixonara por ele, e o episódio, ao invés de optar pelo lugar-comum, decide por um plano cruel, que, este sim, age como um soco no estômago do espectador.

Além de seus personagens ganharem acertadas decisões do roteiro, Zachary Levi e Yvonne Strahovski surpreendem ao conferir aos seus Chuck e Sarah semblantes diferentes do usual. Levi, por exemplo, incorpora um ar de intensa preocupação ausente em Chuck durante toda a série. Da mesma forma, Strahovski é feliz ao mostrar uma Sarah indiferente ao pesadelo sofrido pelo marido, apenas obcecada pelo cumprimento de sua suposta missão, exatamente como a agente vista logo no piloto, dando uma interessante oportunidade de conhecer a Sarah Walker do passado, vista por outro ângulo.

Como não poderia deixar de ser, todos os personagens encerram seus ciclos de evolução. Chuck, por exemplo, mostra-se finalmente um espião de verdade, não pensando duas vezes ao precisar tomar uma importante decisão, que afeta diretamente o futuro dele com Sarah, mostrando um amadurecimento inimaginável há cinco anos. Além dele, Casey finalmente admite ter passado por grande mudança, principalmente após o surgimento de Alex, que surge no finale com a função de evidenciar a “moleza” do pai. Mas, principalmente, é Morgan quem deixa finalmente de ser o nerd esquisito da primeira temporada, para assumir um compromisso de morar com sua namorada, outro fato impensável em outros tempos.

Outro aspecto curioso neste series finale é a nítida diferença nas atmosferas das duas metades do episódio. Na primeira, o clima de tensão é muito bem executado, evidenciado pelo semblante sério dos personagens, além dos diálogos incertos e preocupados, que parecem jamais ter certeza do futuro. Por outro lado, a metade final evita elevar a tensão, permanecendo leve durante todo o tempo, mesmo quando Beckman é ameaçada de ser explodida. Essa abordagem é compreensível pelo fato de Chuck nunca ter sido uma série que conte com um clima muito carregado. Dessa forma, seria injusto se sua atmosfera característica não tivesse destaque em seus momentos finais.

Com certeza, grande mérito do episódio é forma como sua narrativa é estruturada, evitando tornar-se um exemplar avulso dentro do universo da série. Dessa forma, é interessante como Schwartz e Fedak sempre procuram encerrar seu trabalho como um ciclo. É aí que as referências à primeira temporada ganham grande importância, como se a dupla de roteiristas procurasse terminar tudo exatamente da forma que começou, mas com pessoas completamente diferentes do que eram há cinco anos. Repare como Ellie se preocupa com o irmão de forma muito semelhante à vista no piloto. Ou como Morgan se revela sonhador ao propor ao amigo que um beijo mágico poderia trazer as memórias de Sarah de volta. Até mesmo Casey chega a flertar com o coronel durão da NSA visto nos primeiros momentos da série. E, principalmente, como Chuck volta a contar com o Intersect, novamente de forma inesperada, dessa vez conscientemente. Após todo o destaque dado ao supercomputador, seria impensável que ele não terminasse na cabeça de seu dono original, até mesmo para compor a inteligente rima temática com que a série termina.

O que nos leva à cena final do episódio, a última de Chuck. Nesse momento, o roteiro consegue evocar a emoção do espectador de forma inteligente, em um dos raros momentos em que o uso dos flashbacks soa natural, mostrando que essa deveria ser uma das poucas vezes em que deveria ter sido utilizado. O diálogo entre Chuck e Sarah lembra muito o desespero que os dois tinham para ficar juntos, bem como a incerteza sobre seus sentimentos. E o desfecho, com o beijo pedido por Morgan, é inteligentíssimo ao evitar um final digno de contos de fadas, preferindo manter aquilo para a intimidade de seus personagens.

As memórias de Sarah voltaram? Pouco importa. A incerteza é exatamente o que deixa a série viva.

Obs: Foi um prazer acompanhar estes últimos passos de Chuck. Tenho orgulho de ter podido escrever as reviews dessa série, que se não é a favorita de todos, com certeza tem uma enorme base de fãs. Sentirei tanto dela quanto de escrever aqui. Agradeço a todos pela audiência e pela paciência. Até a próxima.

@GabrielOliveira

  • felipe

    Achei bem triste o final. Simplesmente destruiram tudo que a série passou durante cinco temporadas. Por mais otimista que a pessoa queira ser, não da pra falar que eles ficaram juntos. Pelo menos não da maneira que deveria ser. Acreditar que a Sarah tenha recuperado a memória é muito forçado na minha opinião e mesmo que ela tenha se apaixonado pelo Chuck novamente, não seria a mesma coisa, sem contar que foi pro lixo todo o relacionamento com os outros personagens, Morgan, Casey, Ellie, etc. Não costume fazer isso, mas no caso de Chuck eu estava torcendo pelo final feliz.

  • http://emanucristina.tumblr.com/ Emanuelle Cristina

    Gabriel, assim q comecei a lê sua review meus olhos começaram a se encher de lágimas novamente,vc escreveu de uma forma tão linda tudo o que aconteceu que foi impossível não voltar no tempo e relembra tudo o que aconteceu nesses dois episódios *–*
    Obrigada pelas reviews que sempre descreveram os episódios da melhor maneira possível,ressaltando os pontos altos e baixos mais sempre com amor ♥

    Talvez consiga comentar melhor a review daqui há alguns dias porque até agora não consegui colocar as coisas nos eixos,me despedir de Chuck doeu mais do que imaginava,foram tantos sentimentos ao mesmo tempo,acredito que tudo teve um peso maior pq essa foi a primeira série que acompanhei até o fim,ou seja,essa foi a minha primeira Series Finale e nem de longe imaginei que seria do jeito que foi,tantos anos resumidos em pequenos detalhes… O mais perto que cheguei de uma despedida foi com o final de Harry Potter só que nunca imaginei que uma série que conheci há quase 3 anos fosse me deixar do jeito que eu fiquei,no Chuck vs Sarah eu tava tão tensa que tremia,em vários momentos meus olhos ficaram cheios de lágrimas,era impossível controlar eu tentei ficar calma pra não perder nenhum detalha,só que meu corpo estava reagindo de maneira diferente,tinha horas que meu coração acelerava tanto que parecia que eu ia ter um ataque cardíaco. A segunda parte Chuck vs GoodBye só consegui assistir uma hora depois do fim da primeira parte,porque não estava me sentindo preparada para o que estava por vir,e nem assim consegui me controlar,na verdade foi pior pq assim que vi a primeira cena comecei a tremer de novo e a chorar,a tensão voltou,na hora da abertura eu chorava mais do que qualquer coisa e quando li o nome da Linda Hamilton nos crédito quase morri,pq até então não sabia que a mãe do Chuck e da Ellie fosse aparecer,as cenas seguintes foram regadas de emoção também em vários momentos as lágrimas insistiam em cair e eu nem lia direito as legendas,eu torci tanto para que tudo desse certo e que a Sarah recuperasse a memória,jurava que o plano de pegar o Intersect e levar p/ Ellie reprogramar com as memórias da Sarah daria certo,só que a situação foi completamente diferente e por mais que tenha sido dolorosa a escolha do Chuck foi a correta e o diálogo dele com a Sarah foi de partir meu coração [q a essa altura já estava em pedaços].
    A princípio não gostei do final de CHARAH mais depois de me acalmar e analisar vi que esse final foi um recomeço lindo pra história deles,voltamos ao começo de tudo de uma forma tão linda que mesmo que não tenha sido o que EU esperei,imaginei,torci,sonhei, foi do modo que a série mereceu UM FINAL PERFEITO PARA UMA DAS MELHORES DUPLAS DE ESPIÕES QUE A TV JÁ CONHECEU. Foi tão lindo o diálogo final deles que a essa altura não tava mais enxergando quase nada ele contando a história deles me fez voltar no tempo e agora eu entendo que EU NÃO PRECISO SABER SE A SARAH RECUPEROU OU NÃO A MEMÓRIA NAQUELE INSTANTE,EU SEI QUE O CHUCK VAI FAZÊ-LA SE APAIXONAR POR ELE NOVAMENTE PORQUE É POSSÍVEL UMA ESPIÃ SE APAIXONAR POR UM NERD.EU SEI QUE UM DIA A CASA COM CERCA BRANCA E PORTA VERMELHA SERÁ DELES, NÃO IMPORTA SE VAI DEMORAR OU NÃO MAIS CHUCK E SARAH FICARÃO JUNTOS PARA SEMPRE ♥

    Desculpa pelo comentário enorme mais precisava muito compartilhar com outros apaixonados que nem eu tudo o que senti *___*

  • Miguel Zanela

    Falou tudo Emanuelle, senti a mesma coisa que você… E agora que acabou parece que fica aquele vazio… Parece exagero, mas gostei muito de acompanhar a serie. Chuck + Sarah 4ever xD

  • Carolinaaa

    Esse series finale foi épico.Um final que nenhum fã esperava.Apesar dos momentos TRISTES,onde era impossivel controlar as lágrimas,a emoção, a cena na praia foi LINDA *—–*
    No momento em que o episodio acabou, eu como fã indiscuntivel de Chuck, fiquei desolada,era como se tivessem arancado um pedaço de mim,uma parte da minha vida, atéagora estou com essa sensação.No inicio fiquei meio revoltada com o desfecho da série,que não foi o que a maioria esperava, um desfecho clichê, mas hoje um pouco mais consolada eu entendo o que os co-produtores quiseram nos mostrar,a mensagem que queriam nós fãs percebessemos.
    E um novo fato que me alegrou foi a entrevista de Fedak,onde ele diz que no DVD da 5ºTemporada haverá uma extensão no final de oito minutos, e isso pode acabar mudando a opinião de quem ficou triste com final de chuck.
    E amei esse comentário da Emanuelle Cristina,você disse tudo o que pensei,e o que senti com relação o final do episodio. Amei esse trecho:
    EU NÃO PRECISO SABER SE A SARAH RECUPEROU OU NÃO A MEMÓRIA NAQUELE INSTANTE,EU SEI QUE O CHUCK VAI FAZÊ-LA SE APAIXONAR POR ELE NOVAMENTE PORQUE É POSSÍVEL UMA ESPIÃ SE APAIXONAR POR UM NERD.EU SEI QUE UM DIA A CASA COM CERCA BRANCA E PORTA VERMELHA SERÁ DELES, NÃO IMPORTA SE VAI DEMORAR OU NÃO MAIS CHUCK E SARAH FICARÃO JUNTOS PARA SEMPRE ♥

    E é verdade o amor deles ,sem sombra de duvidas irá renascer…..
    E para mim Chuck SEMPRE será A MELHOR SÉRIE♥.

  • Yozen

    A despedida dos personagens foi perfeita porque não foi aquela melação e chororo com flashbacks e toda aquela tristeza,e quem diria que Jeffster salvaria a “segunda ultima missao” deles hein?!sempre gostei deles,eles eram os “retardados da buy more” que sempre,de um jeito bizarro ajudava em alguma missao! (sem saber que era uma missão)

    “As memórias de Sarah voltaram? Pouco importa. A incerteza é exatamente o que deixa a série viva.” exatamente!

  • http://www.twitter.com/karinaroma Karina

    Acordou todo mundo um pouco órfão após o final de Chuck. Vai fazer muita falta. ; ]

  • Ludmilla

    Concordo com tudo que você falou Emanuelle….

    Ainda estou organizando minhas idéias e também foi minha primeira Series Finale…
    Estou sentindo um vazio dentro de mim…não consegui discernir ainda se eu amei o final ou se eu fikei revoltada…axo q ainda um pouco dos 2 e fico tentando me convencer de q foi Perfeito..pq a cena em si foi perfeita dos 2 na praia..
    Mas o que me revolta é imaginar q tudo q a Sarah viveu e passou durante os 5 anos pode ter sido em vão…
    Só q daí penso q durante os 2 episódios ela já deu indicios de q a memória estava vindo aos poucos isso me conforta um pouco…
    Só assisti aos episódios uma vez por enquanto, tenho que revê-los para encaixar melhor as idéias.

    No mais vou sentir muita falta da melhor série de todos os tempos…

  • Bruno.

    Vou evitar ficar escrevendo uma bíblia, só quero dizer que esse series finale foi um final perfeito para uma série perfeita. Acompanhei Chuck desde o começo e sempre foi a minha série favorita. Sou muito grato que os roteiristas tenham tido a oportunidade de encerrar essa caminhada com toda a atenção que ela merece.

    E digam o que quiserem, Chuck & Sarah sempre serão um casal inigualável.

    Vai fazer uma falta imensa.

  • Tardelli Joseph

    Muito obrigado Chuck & Sarah pelos dias maravilhosos que passei assistindo vocês.

    Saudades desse casal que nenhuma outro seriado já teve.

  • Israel

    Chuck sempre foi minha série favorita, eo o final apesar de trazer uma certa melancolia foi perfeito.
    Como muitos disseram em seus comentários não importa se a Sarah lembrar de tudo, porque eu tenho ceteza que ao final do episódio ela já tinha se apaixonado pelo Chuck novamente( além disso ela ja lembrava de certas coisa como da Irene Demova,rsrs). Eu sempre soube que aquela cena na praia voltaria de maneira marcante na série – e ela acontece exatamente no mesmo local, eu conferi – e essacena que sempre foi a mais importante para mim, retorna de uma forma tão emocionante e nova quanto foi no Piloto.
    Sentirei falta das reviews, mas nada que se compare com a falta que sentirei de Chuck.

  • Jeu

    Você falou tudo Emanuelle.
    Acho que em nenhum outro episódio de nenhum outro seriado eu chorei tanto que nem no Chuck vs Sarah. Mesmo se tratando de Chuck (minha segunda série preferida, mas que já foi a nº 1) eu sou normalmente bem insensível, mas não deu para não chorar. Foi de cortar o coração. E ao mesmo tempo eu ficava revoltada em pensar que Charah pode talvez nunca voltar a ser o mesmo, que esses cinco anos podem simplesmente não voltar. Claro que Chuck e Sarah voltarão a ficar juntos, mas o que me incomoda é não saber como vai acontecer ou quando ou acontecer (lembrando que eles levaram uns três a quatro anos para no 3×13 decidirem ficar juntos). Logo depois do final veio aquele sentimento de que acompanhar a evolução da Sarah não serviu para nada…
    Mas, bato palmas pelo final não ser clichê. E depois de analisar, acho que o final foi perfeito sim. Em vários momentos eu me sentia de volta ao piloto da série.

    E gente só eu ri com as piadinhas do Morgan com a capa de invisibilidade? Acho que ele foi o alívio cômico de toda essa tensão. Gostei de ver o amadurecimento dele e principalmente do Casey.

    Acho que só não vou ficar tão afetada quanto os fãs mais ávidos (já fui uma delas) porque eu tento não pensar que acabou e para não sentir muita falta eu vou colocando outras coisas na cabeça (outros seriados).

    Excelente sua review, Gabriel, assim como todas as anteriores e foi um prazer lê-las aqui no site, então, obrigada pelo carinho conosco e com Chuck.

    P.S: Eu quero os oito minutos adicionais AGORA!!!

  • Mandy

    Essa foi minha primeira Series Finale, e Chuck foi a primeira série que realmente fiquei viciada. A primeira série em que amei todos os personagens. A série que sempre ficou em primeiro lugar (lugar esse que dividia com outras), e que me faria emocionar nesse final de qualquer maneira.
    Amei como colocaram um ponto final a todo o desenvolvimento dos personagens durante os cinco anos, mas sem fechar completamente a porta, nos mostrando que há espaço para tudo após esse final, eles podem fazer o que quiserem, sem um final forçado para cima deles.
    E Chuck & Sarah, eu realmente não tenho palavras. No começo fiquei tão dividida sobre o que eu realmente queria que acontecesse para o casal, mas aquele final na praia, com a esperança de que as memórias voltassem, o beijo, não tenho do que reclamar.

  • Joww

    Final muito bom pra série :D.
    Chuck sempre foi uma das minhas 5 séries favoritas e sempre vai ser, valeu muito a pena acompanhar todos esses anos.
    Vai deixar saudade ;x

  • Filipe Silva

    Chuck teve duas primeiras temporadas muito boas e uma terceira excelente. Na quarta as coisas se perderam um pouco e cheguei a desejar um series finale digno logo de uma vez.

    Sem dúvida essa “meia temporada” para encerrar a séria foi um belo presente para os fãs. Mas os produtores optaram por não correr riscos, fazendo histórias que se encerravam em um ou dois episódios, ficando o arco “intersect vilão” bem discreto, aparecendo mesmo só no terço final.

    Os dois episódios finais foram de altíssimo nível, quase integralmente em coerência com a história da série, misturando drama, comédia e ação em boas e equilibradas doses. Destaque para Jeffster ganhando um final pra lá de generoso e bacana, com uma apresentação “épica”, aplaudida de pé e salvando centenas de vidas.

    Seria fácil e inegavelmente simpático a série terminar com uma finalzão feliz, com todos ao redor de uma mesa, rindo, bebendo e comendo…Sarah recuperando a memória, o grupo ainda trabalhando juntos, todos morando perto. Mas não foi o que vimos.

    Achei desnecessário mandar Ellie e Devon para Chicago, não acrescentou nada aos personagens e foi uma idéia surgida de última hora. Mas não prejudicou também.

    Morgan e Alex morando juntos foi um final previsível e desejado. Também gostei de Casey indo atrás de Verbanski, mas deixando claro que vai continuar sendo um espião, sem se desligar da filha e do “genro”.

    Agora, Chuck e Sarah…o final em aberto, sugerindo que ela vai (talvez) se apaixonar de novo por ele…não sei, foi uma solução incoerente com a série, com a proposta levada adiante todos esses anos. Fugiu do óbvio, foi bonito de ver, mas frustrante.

    Foi feita a opção por uma trama tão radical para o fim da série quanto tirar as memórias da protagonista feminina e, nesse contexto, a resolução foi muito boa. Mas não concordo que tenha sido a melhor opção.

    Enfim, me diverti muito com Chuck ao longo dessas 5 temporadas e a série vai me deixar saudades. Tenho certeza que logo estarei numa maratona para rever todos os episódios.

    Parabéns pelas reviews, Gabriel, sempre de alta qualidade.

  • http://forevertbbt.tumblr.com Bruna

    Chuck foi o primeiro seriado que eu gostei e foi o motivo de eu começar a ver outros seriados que eu amo,como TBBT,HIMYM e Modern Family
    Final muito lindo,não faltou nada,aliás se mostrassem o Chuck e a Sarah no futuro eles destruiriam tudo que criaram no último episódio.

  • Tharcyla

    Eu fiquei um tanto triste assim que acabei de ver o finale, mas então fui relembrando o que tinha acabado de ver e a verdade é que a Sarah já estava lembrando das coisas aos poucos. Seja do trabalho na Wienerlicious ou de Irene Demova ou ainda dela escrevendo o nome dela e do Chuck na casa dos sonhos. Pode ser que o beijo mágico do Morgan não tenha funcionado, mas cedo ou tarde ela se lembraria de tudo. O mais importante é que ela QUERIA se lembrar. “Chuck, tell me our story.” Foi lindo e poético ver nosso nerd favorito fazendo-a se apaixonar por ele novamente. Se ela fica grávida, se eles compram a casa dos sonhos, se ela se lembrou de tudo ali na hora, depois ou nunca isso o Schwartz e o Fedak deixaram pros nossos próprios intersects preencher a história. É justamente como o @GabrielOliveira escreveu: As memórias de Sarah voltaram? Pouco importa. A incerteza é exatamente o que deixa a série viva.

  • Elaine

    Amei os dois últimos episódios, chorei muito lembrando das outras temporadas. Só fiquei um pouco decepcionada com a cena final entre o Chuck e a Sarah. Sei que no final ela voltará a se apaixonar por ele mas se ela não recuperar a memória, será como esses 5 anos não tivessem valido nada.

  • Carlos

    Adorei o final da série, assim como toda a série. Chuck, desde que eu conheci pelo SBT, e assisti as três primeiras temporadas dubladas pelo canal, para depois assistir as duas últimas legendadas pela internet/computador, sempre foi uma de minhas séries preferidas.

  • bia

    Simplesmente PERFEITO!!!!!!!!!!
    Eu também me peguei em duvidas sobre o que eu realmente queria que acontecesse com eles no final……. por isso achei esse final sensacional!!!!!! depois que acabou fiquei pensando: “mas e a casa dos sonhos?”
    Mas com as ideias no lugar vi que esse foi o melhor caminho para a série, até porque a General deixou bem claro que eles podem salvar o mundo novamente sempre que eles quiserem!!!! 😉

  • robritsonildo

    Sarah voltou a memória sim, alguns momentos do ep. a gente podia perceber q ela lembrava de algo mais q n tinha muita relevância pra ela, ao meu ver o final quis dizer que ela estava voltando, não que ela voltara ou não voltaria mais,

    O ciclo se fechou, sim mas bem que podia continuar
    #NerdHerdForLife

  • Caio Ronan

    Dá pra sentir um vazio imenso agora….

    Gostei muito da interpretação do Jeffster (Take me One), pra quem já estava se derrubando em lágrimas… de todas as referências ao pilot… ainda bem que assisti antes… Gostei demais do final, a cena da praia….

    #goodbyechuck

  • robritsonildo

    Á e outra, eles são super espiões… seria clichê ou sem sentido terminar sarah e chuck numa casa, com ele no sofá e ela preparando o almoço, ou eles fazendo missões a la Sr. e Sra. Smith, não se encaixava com o perfil de Chuck.
    O final em aberto faz os fãs decidirem o final que eles querem, isso é épico
    #Goodbye chuck

    Never Forget us

  • Yozen

    Depois da parte da bomba lá,com a musica do Jeffrey e tal,o chuck nao tirou o interserct da cabeça não?!

  • felipe

    Elaine, é exatamente isso que aconteceu. o pessoal tá se iludindo aí.

    tem entrevistas já com a Yvonne Strahovski falando sobre o final da série onde ela diz que foi “trágico”, “não era o esperado” e que torce para que “os fãs fiquem satisfeitos”. em outras palavras, achou uma MERDA. por motivos óbvios ela não vai dizer agora o que realmente achou com todas as letras, mas daqui uns anos quando acabar contratos nós saberemos.

    cinco anos pra não final não terminarem juntos.

  • bia

    Não podia deixar de comentar as melhores cenas!!!!!!!!
    Sarah vendo o dvd do Projeto Bartowski foi lindo.
    Casey dando um ‘abraço russo’ em Chuck.
    Baby Clara é linda e não pode ver armas de fogo rsrsrsrs.
    Jeff e Lester: Liberem os pervertidos rsrsrsrs
    E as inúmeras referências: todos os vilões citados de uma só vez, Chuck e Sarah no restaurante mexicano parecido com o do episódio piloto, e o uniforme da Wienerlicious?; putz teve muitos outros!!!
    e só eu achei que os movimentos da Sarah ao invadir o predio foram muitos identicos aos do Bryce no piloto quando ele foge com o intersect???

    Chuck e Sarah na praia foi LINDO!!!!!!!!!

  • Yozen

    VERDADE BIA se lembrarmos,a primeira cena de chuck foi do bryce invadindo aquele mesmo lugar pra pegar o intersect,provavelmente seja o mesmo corredor e a sarah fez os mesmo movimentos que ele.

    Cada detalhe que eu vejo aqui eu acho o series finale MAIS PERFEITO ainda!!!

  • Jéssica Alves

    Não vou mentir nem esconder que eu chorei muito, minha mãe ficou olhando pra mim, pensando: MINHA FILHA É UMA FOREVER ALONE?

    Vou sentir falta demais dessa série. Chuck é realmente insubstituível.

  • bia

    e eu realmente acho que os extras do dvd vão suprir as necessidades da galera que sentiu falta do Final Feliz entre os dois!!!! pelo menos foi isso que o Chris Fedak disse em uma entrevista sobre o fim da série:

    A.S.: Tem algo mais que você gostaria de dizer sobre o final?
    C.F.: Uma das coisas para qual estamos trabalhando para o DVD é uma versão mais longa do final. O episódio foi grande, então vocês terão uma edição mais longa em DVD.

    A.S.: O que poderá ter nessa edição mais longa?
    C.F.: Apenas mais de tudo. Foi um episódio épico. Fizemos muita coisa. Tem um pouco mais de família, e um pouco mais de Awesome e Ellie.

  • João Paulo – Brasil

    Adorei o series finale despediu de forma correta e bem feita, a cena final entre Chuck e Sarah deu um gostinho de quero mais perfeita. O penúltimo episódio de uma carga emocional incrível e último fecho com chave de ouro todo o ciclo da série.

    Morgan muito engraçado nos dois últimos episódios, a brincadeira com capa de invisibilidade foi hilária. John Casey foi viajar para encontrar Verbanski. Tudo termino bem, muito triste, mas bem.

    Chuck forever.

  • Renata

    Não tinha como não se emocionar com o final dessa série maravilhosa!

    #Chuckforever

  • http://[email protected] Alvaro Luiz Matos

    Descobri Chuck tarde,após assistir a primeira temporada no SBT, valeu apena, pq ali começei a baixar séries, nao tinha esse costume e Chuck me fez encontrar algo novo, alegre, criativo e interessante. Série q teve flutuações , dificuldades e mesmo assim chegou aonde devia chegar…

    Sim o VAZIO existe e ficou, escrevi a reviw do meu blog assim que terminei de ver, e nao deu para evitar as lagrimas. o VAZIO tomou conta a noite toda, pois assisti ontem , e passei a noite sonhando com finais diferentes , alegres… querendo dar um suspiro de alegria ao inves de ver tudo se perder…

    não sei, palavras fojem…. todos podem imaginar….

    Abraços

  • MMM

    Chuck 4 Ever!!!

  • Carol

    Fiquei mal com o final e com a incerteza do que aconteceria depois da última cena. Não esperava, mesmo. Depois de um tempo triste e até um pouco revoltada, acabei aceitando.

    Não chorava assim desde o final de Friends, a sensação de vazio é imensa… Agora é esperar os 8 minutos de extensão. Valeu, Chuck!

  • http://falandodeseries.com Julio Bucci

    Apesar de algumas lacunas de roteiro, foi um bom final.
    Parabéns Chuck!

  • Renautinha

    R.I.P. Chuck (L)

  • https://www.facebook.com/jd.vitor Vìtor Henrique Guimarães

    Gostei bastante da review, mesmo discordando em um ponto ou outro.

    Mesmo admitindo que já tava na hora da série ter seu fim, sentirei saudades, muitas saudades. Não tinha toda qualidade do mundo, mas conquistou pelo carisma de todos os personagens.
    Gostei muito da última linha (“As memórias de Sarah voltaram? Pouco importa. A incerteza é exatamente o que deixa a série viva”), me confortou um pouco pq eu não sabia exatamente sobre o quê achar sobre a cena final.

    Fico feliz porque o Fedak e o Schwartz conseguiram me surpreender. Eu quebrei a cara e fico feliz por isso.

    PS: a cena em que a Mama Bartowski aparece foi genial. haha

  • https://twitter.com/#!/your_activity @mistercooper_

    Agradeço a Chuck por esses cinco anos de muita ação, suspense e de momentos hilario. Agradeço também por esse Final épico, que só veio coroar o que foi a serie durante esses cinco anos.

  • Marcos

    Só de pensar que a quase 4 anos atras, quando me falavam da série, eu achei com uma história meio besta e que tinha outras coisas melhores para assistir…
    Ainda bem que quando resolvi assistir, fiquei viciado logo nos 3 primeiros episódios, e com ele, a paixão por séries de TV.
    Devo a Chuck, não só as ótimas 3 primeiras temporadas, sendo a terceira, épica. Devo a esta série maravilhosa, a oportunidade de me viciar em várias outras séries ótimas como Fringe, Breaking Bad e muitos outros. Pois se não fosse por esta série me inserir no mundo dos seriados, nunca teria assistido as outras!

    Falando do final, para mim foi épico. Pode ser o sentimento de fã mesmo da série falando, mas para mim, não tinha como ficar melhor o final. Muitos reclamam do jeito que ficou, mas caramba, Chuck é uma série de TV certo? Se fosse como todos pensavam que iria acabar, seria uma novela… Jeffster teve o fim digno! Apenas isso, me deixou muito feliz.

    Espero que tenha coisas novas nesse extra do DVD da 5° temporada. Para saber algo mais, e quem sabe aparece um filme ou um ”OVA” apenas para dar o sentimento de nostalgia para os fãs? Eu estou esperando!

  • Matheus

    Marcos concordo com vc, pra mim tbm não teria como deixar o final melhor. A dúvida de seber o que aconteceu com Chuck e Sarah é o que deixará essa serie marcada na minha memória pra sempre.

  • Re

    Chorei muito com o último episódio

  • flaviobc

    Chorei muito com o último episódio²

    principalmente nas cenas do Chuck com a Sarah. Vai deixar muitas saudades…

  • Nerd Entendido

    O final foi bom. Acho que deveria ter flashback só no final, pois eles já acharam um jeito legal de fazer a gente reviver a série, revendo a sala branca da intersec, a “casa da salsicha” onde a Sarah trabalhou, e o video-diário da Sarah que comentou muitos momentos.

    Eu ODIEI o final. Queria um final feliz sim. Ficaram a temporada toda mostrando que eles são um casal, que queriam parar com a vida perigosa e ter uma vida tranquila, com casa, filhos, e no final.. não conquistaram isso como perderam tudo que conquistaram. Perderam tudo que tinha, perderam um ao outro. Odiei o fato dela não ter lembrado, preferia que fosse algo forçado como o beijo-conto-de-fadas, mas eu tava torçendo pra ela descobrir que tava grávida e lembrar. Enfim, acabou!

  • Camila Oliveira

    Muita inveja de quem achou essa series finale ótimo, porque para mim não foi nada além de decepcionante.

    Confesso que a série, que já foi uma das minhas favoritas, vinha me desanimando desde o início da quarta temporada, mas esse final me deixou com um sabor amargo na boca e quando eu lembrar de Chuck não vai ser da época boa.

    Primeiro de tudo, qual é o problema com os finais felizes? Hoje em dia ficou tão comum encerrarem as séries de modo depressivo que a felicidade dos personagens é a exceção. Não me consola saber que “a incerteza é exatamente o que deixa a série viva.” Por mim, prefiro que a série morra seguindo a linha que adotou desde o início, de um seriado leve, engraçado, com um protagonista trapalhão, do que essa besteira triste e em aberto que só deixou a maioria triste.

    Não tenho certeza se as pessoas aprovaram essa finalização de Chuck por mérito do episódio em si, ou se estão apenas se consolando dizendo que foi tudo lindo, porque, sério, como alguém comentou lá no início, “simplesmente destruiram tudo que a série passou durante cinco temporadas. Por mais otimista que a pessoa queira ser, não da pra falar que eles ficaram juntos. Pelo menos não da maneira que deveria ser. Acreditar que a Sarah tenha recuperado a memória é muito forçado na minha opinião e mesmo que ela tenha se apaixonado pelo Chuck novamente, não seria a mesma coisa, sem contar que foi pro lixo todo o relacionamento com os outros.”

    Resumindo, não precisava ter terminado com todo mundo casado, grávido e feliz em uma festa, mas também não era necessário darem o pior final para personagens tão queridos. Nem os vilões mereciam ter um fim tão cruel como o da Sarah.

  • Thiago Pereira

    Achei que só eu tinha notado que os movimentos da Sarah são exatamente iguais aos do (Neal) Bryce, pois antes da Bia ninguém tinha comentado isso. A principio não tinha gostado do final, da incerteza se a memória dela tinha voltado ou não, mas à noite, quando deitei a cabeça no travesseiro, percebi que este era o melhor final que poderia haver, afinal de contas, se ela tivesse recuperado como todos estavam esperando e o “viveram felizes para sempre” tivesse ficado escancarado, pereceria mais final de novela da globo de que de série.

    No episódio Chuck VS Sarah, eu destaco duas cenas: Aquela ocorrida na casa dos sonhos, desde o monólogo choroso do Chuck implorando para ela lembrar de como uma super-espiã tinha se apaixonado por um Nerd como ele (não chorei, mas que me deu um nó na garganta deu) até a cena que ela lembra que tinha escrito Sarah + Chuck na parede. A outra cena que eu destaco é o diálogo entre Morgan e Casey no apartamento, falando que dava nostalgia e de como eles tinha mudado nesses 5 anos e Casey perguntado se o Morgan realmente achava se ele tinha mudado, isso usando um avental escrito Melhor Pai do Mundo.

    No episódio Chuck VS The Good Bye, destaco a cena em que o Chuck dá um tiro pra cima pra alertar Quinn e acaba acertando o helicóptero do Casey (Isso é tãooo Chuck), e, lógico, a cena final da praia. Ainda sinto o vazio deixado por Chuck, e creio que nenhuma outra série vai preenchê-lo. Chuck nunca foi minha série favorita mas sempre esteve no meu Top 5, sempre.

  • http://twitter.com/humbertoall Beto

    Duas palavras para descrever o Series Finale: Épico e Cíclico. Pessoalmente, amei esse series finale e todas as menções à temporadas passadas (sendo ela um tanto forçada ou não) e a abordagem dos personagens diferentes, e com finais dignos para cada um.

    Adorei o final, uma série que deixa você pensando no que vai acontecer tem muito mais efeito do que um final feliz e tudo definido e fechado.

    Sempre irei sentir o vazio dessa minha série preferida, que me introduziu ao mundo das séries. Sentirei saudades….

  • Paulo

    Confesso que esperava um final clichê.

    Mas me surpreendeu de maneira positiva. Tenho certeza que eles ficaram juntos.
    Ela já apresentava durante todo os dois episódios, sinais da memoria dela intacta. Apenas estava bloqueada, mas intacta. Como o criador da série disse na entrevista, vai de cada um imaginar o que quiser.
    Eu imagino isso, ela recupera a memoria, não imediatamente, mas recupera aos poucos.

    Achei um final meio estilo o filme “Como se fosse a primeira vez”, que a Drew Barrymore se apaixona todas as manhãs. Acho que o Chuck é perfeitamente capaz de fazer a Sarah se apaixonar novamente e com isso se lembrar de tudo aquilo que ela ja vinha dando sinais que lembrava.

    Devo admitir que meus olhos ficaram com uma quantidade de agua consideravel hehe.
    Foi muito bom. Ver o final tão digno a todos os personagens, foi a melhor coisa que os fãs de Chuck poderiam querer.

    Não achei forçado os flashbacks. Achei até que foram introduzidos de forma leve. Não acho que passaram do ponto.

    Agora é esperar pelo DVD, com as cenas extras do final.
    Parece que vai ter além do desenrolar do Chuck com a Sarah, mas também o Awesome e a Ellie em Chicago com a nova vida.

    Foi uma série com altos e baixos, mas que com total certeza vai deixar saudades.

  • Thiago

    Galera, só falo isso:

  • Banzai_One

    A temporada, no geral, eu gostei. Focar o desenvolvimento pessoal dos personagens foi muito bom, até o Jeff e o Lester ganharam sua ponta dramática no episódio final. Confesso que gostaria sim do final feliz, do Chuck e da Sarah começando a sua vida comum e deixando pra trás todo o lance de espião. Nesse ponto concordo com o Felipe, é forçado demais acreditar que a Sarah recuperou a memória. O que soa como uma esperança nos segundos finais, soa com um ar de tristeza, por estar terminando daquela maneira (vai dizer que o final da 4º temporada com eles se casando não foi perfeito e bem melhor que esse?).

    Enfim, foi uma ótima série e valeu ter acompanhado! (Y)

    Não foi a minha primeira series finale, mas é a primeira que acompanho junto com a série sendo exibida (todos os outros casos a série já em questão já estava fechada). Deu um frio na barriga assistir sabendo que era o último episódio. rs

  • Juliana

    Este é meu primiro comentário aqui e tenho que dizer, não há melhor ocasião.

    Acompanhei CHUCK desde o começo e sem dúvidas ficou um sentimento de saudade com seu fim. Era minha série preferida.

    Gostei do fim por não se virar para o óbvio e o que ficou claro pra mim é que Sarah se permitiu ser “reconquistada”… Se vão ficar juntos? Cada um solte sua imaginação, rs. Quanto a última temporada alguns episódios ficaram perdidos e acho que talvez se nos dessem 8 episódios no lugar de 13, daria para contar a mesmoa história sem rodeios.

    Vai fazer falta.

    Guys I Know Kung-Fu!

  • Thiago

    Chuck nunca fui minha serie favorita, acredito que sempre ate longe disso, mais sempre tive um carinho especial por ela e tinha realmente medo doq o final poderia provocar em mim, poderia fazer com que uma serie que eu sempre tive um grande carinho se perdesse ou poderia ganhar mais força, no final de tudo gostei, tambem gostaria que ela tivesse recuperado a memoria naquele segundo final, mais foi muito bom o final, é a 6ª serie que eu vejo o final e pra mim esta entre as melhores finais, sempre vou guardar Chuck com um carinho enorme, e que mesmo nunca tendo sido a mais importante sem vai guardar boas lembranças.

  • Vinicius

    Achei o final da serie muito bom.
    A serie terminou, mas, os personagens apenas recomeçaram, claro que agora eles estavam diferentes por causa dos 5 anos que passaram juntos.
    Todos mudaram e foram fazer coisas diferentes, terminaram totalmente diferentes da forma como começaram, e diferentes tambem de como viveram durante a serie, ou seja, o final da serie marca o inicio da nova vida dos personagens.
    Quanto ao final entre Chuck e Sarah ela se apaixonou por ele denovo e eles ficaram juntos, com o passar do tempo ela recuperou a memoria, e atualmente a “velha turma” se reuni de vez em quando para salvar o mundo kkkk tirando a parte de salvar o mundo foi isso que aconteceu.
    A serie deixou o final em aberto para cada um criar seu proprio final, os autores deram o final perfeito, por que o final da serie é diferente para cada fã, simplesmente por ter encaminhado ficado em aberto, cada um pode imaginar o seu proprio final, criando assim o final que considera ideal, não precisa perguntar se a Sarah lembrou ou não, se eles ficaram juntos ou não, apenas imagine o que vc quer e esse será o final.
    Não sei como será esse lance dos 8 minutos finais, mas, mesmo não sendo essencial, se ele der um desfecho aos personagens vai ser interessante tambem, principalmente para quem não quer criar seu final perfeito.

  • http://yahoo Herlon

    Respeito todos os comentarios da galera mas quer saber eu sou da turma que odiou o final foi a mesma coisa com LOST os caras querem inventar muito deixar um final epico como foi escrito mas querem saber se baterem muito na batata nao da pra fazer maionese e sim pure de batata mas eu queria so um pouco de maionese sacarao…

  • tiago

    Nunca fui muito fã de final feliz como conto de fadas, mas não gostei muito do final quando acabei de assistir, depois de um tempo fui me conformando e vi que esse foi um bom final para serie….amo chuck esta no top 3 das minhas favoritas vai fazer muita falta.

    PS: só fui eu que tive a impressão que os roteiristas deixaram a serie em aberto para um possível retorno.

  • Carol L. (Chuckster)

    De fato, Chuck, uma série que não me arrependi de ver.
    Sempre coerente com sua proposta desde o início.
    Com atores cativantes como Zac e Ivonne que deram um brilho especial ao show.

    O que esperar de dois episódios finais de uma de suas séries favoritas?
    RESPOSTA: A PERFEIÇÃO.
    É o desejo de todo o fã. Mas sabemos que não se pode agradar a gregos e troianos, a fãs de final de CONTO DE FADAS e a fãs de finais ENIGMÁTICOS.
    Os escritores fizeram o que puderam e fizeram ao seu estilo. Do modo que acharam melhor, não sei se para todos nós…

    PS1: Tentei, até esfreguei os olhos, mas não consegui chorar no final

    PS2: Achei que a review do Gabriel fosse meter o”pau” no final de Chuck, mas me surpreendi, ele gostou!!!

    PS3: Sou TEAM Conto de Fadas ( assisto “once upon a time kkkk) e adoraria ver Sarah recuperando a memória, grávida e indo morar naquela casinha simples de cerca.

    #goodbyechuck

  • Murilo Zandoná

    Para sempre em meu coração ela estara !!!
    Triste algumas partes chocantes, mas lindo porque sei que no fundo Sarah e Chuck comprarão a casinha de porta vemelha e cerca branca, e criarão seus filhos.
    Obrigado a vc Gabriel e a toda equipe de Chuck, por me fazer apaixonar por essa série.

    Goodbye, CHUCK ! #ChuckMe

  • Marco Tulio

    Pultz…Chuck será eterno!!

    Que série!! QUE SÉRIE!!!! E que carinho os criadores tiveram com os fãs e com esse final.

    No final, a cada flashback que aparecia, eu me lembrei de eu assistindo a cada episódio daquele e lembrei de vários episódios que eu terminei com um sorriso no rosto. Esse ultimo episódio é claro não poderia ser diferente, ate que foi, pois quando acabou eu estava com um sorriso no rosto como de costume, mas que veio acompanhado de algumas lágrimas.

    Yvonne maravilhosa, aonde vc for eu vou!!!

    ahhahahahaha

    Viva Chuck!

    \o/

  • http://cadernorepicado.blogspot.com Jesimiel

    Perfeita a finale, bom que não foi previsivel, sempre lembrarei desta série que comecei a ver no SBT e depois comecei a ver por outros meios, faltando 13 minutos para acabar o episódio meus olhos já estavam aguando, mas perto dos ultimos minutos terminei de ver o episódio e chorando e dizendo que valeu a pena acompanhar a série em seus momentos medianos (1ª temporada e 5ª temporada), momentos praticamentes ruins (4ª temporada) e bons momentos (2ª e 3ª temporada), uma série que lembrarei pelo resto da minha vida!

    Obrigado Chuck!

  • Eduardo

    Senhores, segundo o Fredak as memórias da Sarah não foram apagadas e voltarão com o tempo. E assim ela se apaixonará novamente e ainda mais pelo Chuck na medida que as memórias forem voltando. Nos dois últimos episódios foram deixadas pistas de que as memórias estavam lá e que voltavam aos poucos. Essas foram as palavras do Fredak em uma entrevista pós Chuck. Portanto, podemos dizer que essa é a versão oficial. Fora que ele afirmou categoricamente que havia sido um final feliz :^)

  • Fellipe

    A série “Chuck” deu um show..

    Tem muita série por aí que precisa aprender que série boa tem que ter inicio, meio e fim.. sem enrolação.. assim como foi Chuck

  • Vagner

    Mesmo com um certo atrazo, gostaria de comentar que foram muitos bons momentos que a série me proporcionou. Acho que depois de uma fraca quarta temporada e um começo de quinta um tanto confuso, o final foi muito bem trabalhado e adorei as homenagens à própria série que foram utilizadas nestes 2 últimos episódios. Pra mim a cena final foi muito bem colocada, cheguei até ficar com medo de uma resolução simples, do tipo beijo mágico que o Morgan falou, mas fiquei bastante feliz que terminou de forma muito inteligente. Chuck repassando os acontecimentos pra Sarah foi não só uma grande homenagem para a série, como também uma forma de presentear o público, mostrando um pouco da grande evolução que os personagens sofreram durante estes 5 anos. Pra mim a série fechou de forma redondinha, dando um final digno aos personagens e de forma merecida.

  • Ana Maria

    O fim sempre é triste quando chega, não? Mas se a serie terminou bem ou mal pra mim pouco importa.
    Depois de 5 anos me divertindo e me emocionando com a galera da buy more achei justo como fã eles conseguirem dar um final digno a serie depois de tantos anos de sofrimento e apreensão.
    O amadurecimento dos personagens foi lindo de ver e foi muito bem acentuado no final da trama, me fez lembrar a vida e como todos nós mudamos ao longo dos anos como humanos e foi incrivel ver o desenvolvimento de todos os personagens nos minutos finais, ver como todos iriam continuar depois do “fim” e aquele ar de “OMG o que vai ser do futuro agora?” que ficou, me fez ter mais saudades da série.
    Enfim ao longo dos anos me diverti muito com a galera do nerd herd. E vai ser triste não poder ver mais as confusões do Jeffster mas as loucuras desse pessoal vão estar sempre na minha memoria(Jeffster na Alemanha, que chique).

    P.s: Deviam dar um premio para os roteiristas depois de tanto sufoco que os coitados passaram (esse cancela, não cancela. Volta, não-volta me deixavam agoniada, imagina os caras que o emprego tavam na berlinda).

  • Carol L. (Chuckster)

    É Galera e termina aqui mais uma REVIEW.

    A última?!

    Sentirei saudades de falar sobre Chuck com vocês.

    =D

  • William

    Cara eu não resisti! Eu tive que chorar, poxa comecei a assistir esse seriado no começo de janeiro e me conquistou logo no episódio piloto. Estou muito abatido agora porque sentir muitas saudades das idiotices do Morgan, do rosnado do Casey e das trapalhadas do Jeff e Lester. E dos carinhos trocados por Chuck e Sarah e também do lindão do Devon com a Ellie. Por que teve que acabar? Bem que outra emissora poderia ter comprado a série e dar uma continuação, todos nós sabemos que os índices de audiência da NBC não são bons. Mas valeu a pena acompanhar. Chuck Forever!

  • M.W

    chorei litros nao sei se foi pelo episodio ou pela saudade que ja estou sentindo nessas 5 temporadas eu ri chorei gritei e e meio dificil acreditar que acabou

  • Juliano Aires

    É… demorei um mês pra tomar coragem e ver os dois ultimos episodios.
    Não acreditava que enfim acabava uma série que pra mim, está no meu TOP 5, quem sabe até no meu TOP 3.
    Mas as emoções são tantas que nada consigo escrever, só quero aproveitar esse momento.
    Chuck s2

  • Guilherme Alvim

    A série sempre teve um viés light e de comédia.

    Terminaria a cena na praia ali e depois colocava: “10 anos depois”

    Mostraria todos os personagens. Todos com finais bacanas e pegando pelo lado cômico.

    Meio piegas? Pode ser, mas isso é Chuck, não Homeland.

  • http://google layane

    demais!amei esse epsodio!!!

  • http://google layane

    mais eu tambem concordo com o guilherme alvim…esse epsodio poderia ter sido melhor,mais se eu assistise…eu sou muito chorona então,eu consertesa choraria no final!

  • marco

    É a segunda vez que leio este review, por causa dele, resolvi assistir a serie ( agora admito uma grande falha minha), estou terminando a quarta temporada e resolvi le-lo novamente agora entendendo melhor o que o autor quis dizer (segunda falha minha, meu coração ja coemçou a doer de saudades da serie), e mesmo faltando ainda uns quinze episodios para terminar a serie admito que Chuck já esta no meu panteão das grandes series que tive a honra e o prazer de assistir, ou como diria Casey: Arrrr.  

  • Euzebio16

    é com um aperto no coração que assisto ao ultimo episodio dessa serie fantastica.

  • Fernando Morais

    Eu rebati ideia por muito tempo de ver a Serie Finale de Chuck durante muito tempo, nao queria me despedir de uma das melhores series que vi, acompanhei cada momento assiduamente e Chuck e la pela 4 temporada ficou um pouco morna essa relaçao que tinha com a serie,nao sei se por causa da qualidade(creio que nao seja o motivo), nao sei exatamente o motivo, e depois de voltar as minha origens vendo como se deve a 4 temporada vi que a 5 seria o fim da serie,e com uma enorme tristeza outra vez me afastei de Chuck, agora sabendo o motivo,tive receio que ao vendo a serie finale me ficasse o vazio, pq foi com Chuck que tive o sabor de realmente curtir uma serie,sou e sempre serie um grande fã da serie por isso mesmo sabendo que seria a ultima chance de ver Chuck resolvi ver, e queria ver em grande estilo resolvi ver td de uma vez ou ate onde desse,e hoje depois da maratona de Chuck cheguei a tao falada series finale, e com um misto de triste,nostalgia e alegria me despeço dessa maravilhosa serie, assim que vi corre pra ler a review sendo a segunda vez que leio a 1 li logo que a serie acabou,confesso que fiquei com o gostinho do fim na mente, queria mais,queria saber como o melhor casal no mundo das series(na minha humilde opiniao) terminaria,e ficou vago esse final,pra cada um imaginar do jeito que quiser,ficou a triste que chegou ao fim uma jornada de pedras no caminho porem muito satisfatoria, pra mim haveria um 6 ano, enfim.. parabens Gabriel foi uma review bem inspirada de uma serie que vai deixar saudades e é engraçado esse sentimento,mesmo sabendo que é uma historia e que sao atores atuando nesse enredo irreal fica uma ponta de saudade enorme e um sentimento como se conhecessemos realmente cada como se fosse reais isso realmente entristece , mais o mundo da serie é isso e é que nos faz ver cada vez mais, pra terminar naquela cena final gosto sempre de pensar que os dois ali se beijando Sarah finalmente lembrou de tudo 

  • Leonardo Gava

    É, essa série com certeza deixará saudades, mas, assim como em todas as séries, acredito que ainda haverá um episódio extra para pelo menos enfatizar o fim dela… Acho que isso seria um jeito a agradas aos fans, já que todos, acredito eu, estão querendo saber seu desfecho verdadeiro…. Josh e Fedak foram inteligentes ao deixar a série para o espectador terminar… uns imaginam a Sarah recuperando as memórias, outros, que ela fugirá… enfim, uma série espetacular que deixará saudades

  • Leonardo Gava

    Vejo e revejo estes dois ultimos episódios, é muito sensacional, hahaha, se alguém poder me dar alguns nomes de séries, se tiver algumas que são parecidas com chuck, em que misturam comédia com espionagem, eu irei agradecer, obrigado

  • rodrigo araujo

    parece mentira q já acabou era um tele seriado muito da hora alguém ai tem o link do ultimo dia da 5 temporada preciso assistir de novo?

  • rodrigo araujo

    parece mentira q já acabou era um tele seriado muito da hora alguém ai tem o link do ultimo dia da 5 temporada preciso assistir de novo?

  • rodrigo araujo

    me passa o link tbm desses dois últimos episódios da 5 temporada

  • bruna

    eu gostei da serie desde o primeiro episodio só fiquei muito triste com o final eu imaginava eles na casa dos sonhos felizes com um filho nos braços mas os produtores arrancaram essa felicidade de nos fans , como puderam pensar que esse final iria agradar os fans se foi construído um amor lindo desde o começo e terminar assim sem ela se lembrar de nada já que e assim poderia ter terminado na quarta temporada.

  • Fernando

    Na realidade se assistir a versão extendida do series finale que só saiu em DVD os produtores cedem a pressão dos fãs.

    Quando Chuck dá o beijo final na Sarah, aparece ela tendo Flashes de tudo novamente,quase que como se Intersect dele estivesse devolvendo as memórias dela, é bem claro que ela recupera a memoria!

    tem nesse vídeo a cena…

  • Wellington Henrique

    Pra mim nunca deveria ter acabado… Vivo, respiro, almoço e janto chuck….maravilhosa série… inesquecivel I Love You

  • FabiAlves

    nossa gente é tão difícil achar uma review antiga aqui no seriemaniacos!! comecei a ver Chuck depois de ler um texto aqui e queria acompanhar com as reviews. só que eu tenho que ficar voltando as paginas eternamente! era bom se a gente pudesse clicar na categoria desejada (no caso review) e depois clicar na serie e pronto viesse todas as reviews só daquela serie, seriam muitas paginas a menos para se voltar! assim é um rolo vem td que é tipo de texto onde tenham mencionado o Chuck! só estou comentando pq n é a primeira vez q tenho essa dificuldade e imagino que outras pessoas passem pela mesma coisa! bom como esse post é antigo n sei nem se alguém vai ver beijo tchau

  • FabiAlves

    oii só queria dizer que terminei Chuck hoje e amei! só espero que a sarah tenha se lembrado sim durante o beijo! pena que acabou queria mais!!