Bunheads – 1×11: You Wanna See Something?

Como Boo mesmo disse, “It’s time to dance!”

Spoilers Abaixo:

Depois de quase cinco meses de espera, Bunheads finalmente está de volta. Michelle está de volta, como esperado. Porém, quem acharia o contrário?

O final do 1×10 foi completamente surreal. O fato de ter acontecido o que aconteceu só mostra que às vezes, Palladino (a criadora de Gilmore Girls) simplesmente não sabe o que está acontecendo na própria série. Ou seja, foi uma forma bem canalha de deixar um cliffhanger para os telespectadores, deixando-os esperando até janeiro para saber o que iria acontecer. É claro que todo mundo sabia que Michelle voltaria, eventualmente, mas achava que gastariam mais tempo alienando-a de sua própria vida.

Afinal, quem chamaria Las Vegas de lar? Michelle pode até achar que o mesmo não pode ser dito sobre Paradise, mas pelo menos, Paradise tem Fanny e as garotas. Discordo de Fanny quando ela diz que as duas estão ‘conectadas para sempre por você ter se casado com Hubbell’, até porque, todo mundo sabe que a maioria das sogras é a parte mais odiada da família, e Fanny precisou de um momento para finalmente aceitar Michelle, ‘adotando’ a mulher, tornando-se família. Fanny estava perdida sem Michelle, e desesperadamente precisava da ‘filha’ de volta.

O problema de Michelle é que, como Fanny bem disse, ela foge. Ela não lida com suas decepções e se acomoda, como foi o caso de ficar mais de cinco anos no mesmo trabalho em Las Vegas, mesmo odiando. Ela estava completamente desolada pelos seus próprios erros, e não queria consertá-los: deixá-los para lá era o melhor a fazer.

Convenhamos, porém, que foi ótimo ver Michelle na ‘não’ Las Vegas. Como não amar o namorado da amiga dela, que quer arranjar um encontro com um coroa que está quase saindo do hospital? Mas o melhor mesmo foi a briga de Michelle com o mágico (interpretado pelo mesmo ator que fazia o louco-porém-amável T.J, o cunhado de Luke, em Gilmore Girls) por causa de aplausos. Como a briga realmente era bastante significante, Michelle não foi despedida, ela só foi impedida de segurar… O pássaro.

Michelle precisou de um empurrão de Hubbell para sair de Las Vegas no piloto, e dessa vez, como se fosse um deja vu, Fanny que está encarregada desse trabalho. Vale relembrar que o fato dela ter se casado com Hubbell realmente não fez muito sentido, mas ela consequentemente se apaixonou pelo ser humano que ele é, nem que tenha sido por somente dois dias. Da mesma forma, Fanny e Hubbell veem algo em Michelle que a mesma não consegue, por não confiar em si mesma. Michelle precisava desesperadamente que alguém a mostrasse isso, e que maneira melhor disso acontecer, com Fanny se irritando por causa do Martini e a tal cerimônia de casamento, com Hubbell sendo um amor de pessoa, porém assustador ao mesmo tempo? Pessoalmente, pensei que veria Michelle caindo mais vezes durante esse momento tão importante.

Por outro lado, Paradise continua a mesma. Mesmo com a volta de Michelle, nossas bunheads continuam com os mesmos problemas, com destaque para Sasha, que continua com sua briga eterna com os pais que simplesmente não se importam. Um momento bonito foi quando Sasha abraça Michelle. Entre as garotas, Sasha é a que possui o relacionamento mais genuíno com Michelle, afinal Michelle se vê em Sasha e em suas escolhas. E Sasha a vê como uma figura materna, no melhor estilo Lorelai e Rory Gilmore. Ansioso para ver esse relacionamento se desenvolver mais ainda nos próximos episódios.

P.S: Os números musicais foram ótimos, mas não tem como não se lembrar desse episódio como sendo o episódio do ‘Nutcracker Macer – It’s time to Dance!’, com as cenas hilárias do show, tudo em remix! É, sem dúvidas, o viral do ano.

P.S: Adorei ver Ginny como uma corretora de imóveis, mas se não fosse a roupa e a atitude, tenho certeza que a maioria das pessoas pensaria que ela era, na verdade, a filha dos adultos que mora na casa.

loading...
  • Leonardo Alves

    Essa Serie simplesmente nao tem estoria! Ela ateh eh fofa, mas nao tem plot! Nao sabe pra onde vai… Pior: acho que nem quer saber!

    Me parece algo meio “Malhacao”… Vao inventando situacoes que levam a serie pra frente, mas no fundo nao ha grandes arcos ou estorias! E por isso nao tem como criar cliffhangers legitimos, resultando no final ridiculo do ano passado!

    Assisto quando to de bobeira, assim como assistia Malhacao quando era adolescente… mas nao faco a menor questao de me preocupar em acompanhar!

  • Patricia

    Episódio segue a mesma linha dos outros… Despretensioso, normal, sem sal.
    O fim da picada foi o Hubbell dizer que Michelle é mais bonita que Megan Fox… pfv!

    Só lembrei da namorada do juntin biba sendo eleita a mais bonita… Esse povo precisa ir pro médico urgente!

  • http://twitter.com/marcoacpontes Marco C. Pontes

    Ela não tem plot, em cada episódio não acontece muita coisa, mas a sensação de vê-la é tão boa que relevo o fato de ser meio ‘parada’.

    Agora, essa comparação com Malhação hein, quebra de código! kkkkkk

  • http://twitter.com/marcoacpontes Marco C. Pontes

    O episódio foi despretensioso, mas com certeza não foi sem sal hein… As performances foram ótimas, foi o que deu o tom para que o episódio saisse do marasmo.

    Não posso falar nada porque ODEIO a Megan Fox, mas é claro que Michelle não é mesmo… Porém, o amor é cego, né? Gwyneth Paltrow tá aí pra comprovar. hahaha

  • Eduardo

    Fui só eu que achei a foto ali bem sugestiva?